sexta-feira, 4 de julho de 2008

Cemitério no Rio de Janeiro


Vai aqui uma dica aos amigos do Rio de Janeiro (Ioda, Aires, Úrsula, Félix, Cláudio Somma, Claudinho, Jaime, Rafa, Paulinha e Laís, Celso, Jane – a maluca mais linda e maravilhosa que conheço e que não vejo desde 1991 do século passado): é que vai rolar, a partir de sexta agora, dia 4, a mostra CEMITÉRIO DE AUTOMÓVEIS com quatro peças inéditas de MÁRIO BORTOLOTTO no TEATRO MUNICIPAL ZIEMBINSKI, na Tijuca.

São elas: CHAPA QUENTE (dias 4, 5 e 6 de julho), EFEITO URTIGÃO (dias 11, 12 e 13), KEROUAC (18,19 e 20) e À QUEIMA ROUPA (25, 26 e 27).

3 comentários:

Laís disse...

Oi Zééé! Querido,não tenho notícias suas desde 93. Foi a Marisa que me disse que te localizou. Ela me contou das novidades e agora estou vendo no seu blog as fotos de sua viajem pra Paris. Zé, eu e minha irmã mudamos pro Rio em 95. Estudamos na UFRJ e moramos no Meier.
ah! quero muito ver neste fim de semana a mostra do Cemitério (já li texto do Bortolotto e achei pacas..)

Zeca disse...

Olá Láis! Que surpresa, mulher! Tenhos muito mais novidades e conto pelo e-mail.
Quanto a mostra, não perca tempo; eu já vi diversas montagens do Cemitério e espetáculos montado e dirigido pelo Mario e gostei de todos.
Beijo e vamos nos falando.

marisa disse...

Zequinha, quero ver a mostra com a Laís também...
Bjs.